domingo, 19 de abril de 2015

Produção em série pode ser uma boa opção!



Trabalhar com móveis sob medida requer muito conhecimento técnico e experiência de mercado. Pegar bons serviços através de propaganda é muito difícil. Criar e manter teias de indicações é complicado e leva anos. As oscilações do mercado são exageradas e traiçoeiras. Saber fazer os móveis representa apenas 10% do todo, tendo em vista que dominar técnicas de vendas, projeto, contabilidade, marketing, recursos humanos, etc, se faz necessário. O empreendedor é obrigado a literalmente assobiar e chupar cana.

A grande vantagem que leva muitos candidatos a empreendedor a correrem para o mercado de Móveis sob Medida é o investimento inicial baixo para iniciar as atividades e o fato de que só é produzido o que foi previamente vendido. Em quase todos os casos o cliente fornece 50% de entrada e até os cheques pré-datados antecipadamente no ato do contrato. A Margem de Contribuição e Valor Agregado também é bem maior.

Já no universo dos Móveis Seriados a coisa muda de figura. Muitas vezes é preciso bancar todo o custo da produção para depois de 30 dias começar a receber os ativos. Na maioria das vezes vendemos para atravessadores que ganham em média 30% do Valor Bruto da venda final. Outro problema é a escolha do produto e o controle de estoque. Investir muito em uma ideia nova pode ser um tiro no pé. Produzir pouco e estourar nas vendas pode ser um tiro no joelho. Mas a grande vantagem é a capacidade de controlar a rédeas curtas a produção e o consumo de materiais. Pelo fato de poder comprar em quantidade o mesmo tipo de material, existe a possibilidade de cortar os distribuidores e comprar direto da fábrica. Podemos organizar um belo estoque e planejar investimentos com mais segurança.

Recomendo principalmente àqueles que não dominam Projetos 3D e não possuem noções de Design para criar soluções exclusivas diferentes para cada cliente, investir em produção em série, pois seguir aquela estratégia de fazer exatamente o que o cliente pede é outro tiro no pé, porque o cliente sempre cria os maiores problemas depois que a ideia não deu certo e a corda estoura pro lado mais fraco.

Escolher um bom produto para produzir em série ou criar uma nova ideia, nem que pra isso seja necessário contratar um Designer qualificado, e depois arrumar pontos de vendas de terceiros para revender seu produto mesmo que seja em consignação, é mais fácil do que conseguir clientes diretos ou formar parcerias com Arquitetos, Designers, Decoradores e Lojas.

Aprender a ganhar no volume é a chave desta modalidade. Muitos podem pensar que é trabalhar muito para ganhar pouco, mas quem conhece produção sabe que o tempo que se leva para ajustar uma máquina para cortar uma peça, dá pra cortar 10, 50 ou quem sabe 100 peças iguais. Fora a possibilidade de usar gabaritos universais que agilizam muito a produção ou comprar maquinário específico para determinada função entre outros detalhes.

Outra vantagem da produção em série é o treinamento e o custo da mão de obra. Basta aprender uma vez para fazer sempre e ir evoluindo. Controlar a produção de cada colaborador também se torna mais fácil. Não tem como o funcionário enrolar.

(Texto escrito em Julho de 2011 para a Comunidade do Orkut Marcenaria Moderna)


(MARCENEIRO)