quinta-feira, 5 de março de 2015

O que fazer com os retalhos de MDF???

Quando um lado não está dando certo vamos para o outro...

Fui obrigado a deixar a produção parada esperando a entrega de material e resolvi soltar na produção uma peça que ajudasse a dar fim nos retalhos de MDF que estavam se acumulando pela marcenaria.
Fiz um projetinho 3D para demonstrar o conceito inicial e lancei no meu perfil do Facebook para testar a reação dos amigos de profissão (VEJA AQUI).









Já a cadeirinha faz parte da minha linha leque (Cadeira Leque) ao qual fiz o 
protótipo no ano passado e postei no Blog da minha empresa o passo-a-passo (VEJA AQUI).

Conceito inicial 3D /
Base de Mesa em "X" p/ Tampo de Vidro:


Trata-se de uma peça conceitual que explora a questão da sustentabilidade onde o foco principal passou a ser criar uma forma inusitada, porém simples de ser executada que utilizasse as sobras de MDF. Alguns reclamaram da ergonomia da peça, pois os pés podem atrapalhar o usuário, mas no debate de apresentação que todos chegaram à conclusão de que tudo depende do tamanho do tampo de vidro. Mas por outro lado sempre defendi que a vida é feita de escolhas, tudo depende do contexto, do objetivo... Muitas vezes precisamos abrir mão da funcionalidade em favor da estética, e vice-versa.


Adaptação para peças menores, mais leves:





Esta é uma criação livre (base de mesa) que postei na internet para quem quiser reproduzir ou melhorar a ideia poder mandar lenha sem problemas. Vou criar mais peças dentro deste contexto e vou postando aqui sempre que possível.


Atualização (06/03/2015):

Outra peça que criei para explorar este forte conceito de utilizar as sobras de MDF da marcenaria é essa Espreguiçadeira Gatuna. Essa criação livre fiz a pedido do meu amigo de Face José Luiz Silveira da Silva para ele produzir para seus filhos. Mas na apresentação a turma gostou tanto que mais gente vai querer fazer (Veja a Apresentação Aqui).






Silhueta retirada da internet (Google Imagens):




Atualização 20/04/2015:






(MARCENEIRO)